Mais da metade dos turistas em Alagoas são do Nordeste

De acordo com pesquisa, 67% dos visitantes que fazem turismo em Alagoas são de outras regiões do Nordeste brasileiro

Enquanto uma grande parte do país ainda luta para aquecer o turismo por conta da pandemia de covid-19, o Nordeste brasileiro já começa a ter sinais de recuperação. A capital alagoana Maceió é o destino mais buscado na região e o terceiro em todo o país, de acordo com levantamento divulgado pelo portal especializado Panrotas.

A pesquisa divulgada também aponta que os destinos mais buscados neste período pós-isolamento social acompanham a tendência de viagens de curta distância, preferencialmente regionais e com pouco tempo de permanência.

Segundo informações divulgadas pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Alagoas (ABIH-AL), aproximadamente 67% dos viajantes que chegam ao estado são de origem de outras cidades nordestinas. A ABIH-AL também levantou que os principais estados de origem são Pernambuco, Sergipe e Bahia, sendo que a média de estadia é de duas noites.

Momento de aquecimento

O mês de setembro foi o primeiro com resultados positivos desde que as atividades turísticas foram retomadas em Alagoas. Além de 18 hotéis associados que reabriram pela primeira vez desde abril, o setor de hotelaria também superou as expectativas ao marcar uma taxa de ocupação de 82% no feriado do Dia da Independência, no 7 de setembro, quando a previsão era de 70%. O cálculo já leva em consideração a capacidade reduzida dos hotéis, seguindo as restrições de distanciamento.

Apesar de ser esperada uma recuperação lenta, entidades do setor acreditam em um aumento gradativo impulsionado principalmente pela chegada do verão e as férias, entre dezembro e janeiro.

Após o período de Festas, é esperada uma nova queda no movimento turístico na região, que deverá voltar a crescer no Carnaval. Porém, para que o crescimento continue a ser significativo, o setor de turismo planeja tarifas reduzidas para a temporada de 2020/2021 – uma forma de atrair novos consumidores.

Os preços mais baixos também poderão ser aproveitados no setor aéreo. A expectativa é de que companhias aéreas tenham ofertas especiais de passagem para Maceió e outros destinos do Nordeste brasileiro, que nesta época tradicionalmente eram alguns dos destinos mais buscados, apresentando uma alta de preços.

Após o período de isolamento social, mais pessoas deverão viajar para visitar a família, amigos ou simplesmente aproveitar os feriados em destinos com temperaturas agradáveis e diversão ao ar livre.

Foto: Divulgação | Maceió, Alagoas

Instagram