LATAM realiza no Brasil o seu primeiro Check Estrutural de um Boeing 777

 A LATAM acaba de realizar o primeiro Check Estrutural (S4) de uma aeronave Boeing 777 em seu Centro de Manutenção, em Guarulhos (SP). A base é a primeira do Grupo LATAM Airlines certificada para essa operação no modelo. O Check Estrutural (S4) é um procedimento previsto em manual pelos fabricantes das aeronaves e deve ser realizado a cada 12 anos.

Alexandre Peronti, diretor de Manutenção da LATAM Brasil

“Esse foi um grande projeto que começou há 7 meses e que consiste na internalização dos checks da frota Boeing 777, que antes eram realizados em centros de manutenção de outros países. Este primeiro check foi realizado em 51 dias e mais de 13.000 homens-hora foram aplicados diretamente por 100 colaboradores, sendo 75 do Centro de Manutenção de Guarulhos e 25 colaboradores do nosso Centro de Manutenção (MRO) de São Carlos. Além disso, para o sucesso deste projeto, e aproveitando as melhores práticas já executadas nos checks das aeronaves da família Airbus A320 e no Boeing 767, realizados no MRO São Carlos, também contamos com o apoio das mais variadas áreas que compõem as diretorias de Manutenção e Qualidade” afirma Alexandre Peronti, diretor de Manutenção da LATAM Brasil.

O projeto iniciou como uma cadeia de quatro execuções de Check S4 em 2021 – sendo este o check mais complexo existente no plano de manutenção deste modelo de aeronave. Além disso, neste momento, a companhia já obtém a aprovação para ampliação, a partir do segundo semestre de 2021, da execução de Checks Estruturais de 8 anos (S3).

Todo este trabalho ocorrerá em paralelo às tarefas programadas de manutenção de linha já corriqueiras na base, porém, com equipes totalmente dedicadas. Além de uma importante redução de custos à empresa, esse projeto representa uma grande possibilidade da companhia focar a sua equipe na impecabilidade de cabine, buscando oferecer as melhores soluções aos seus clientes.

 Grupo LATAM Airlines

O Grupo LATAM Airlines é o principal grupo de companhias aéreas da América Latina, com presença em cinco mercados domésticos na região: Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru, além de operações internacionais na América Latina e para a Europa, Estados Unidos e Caribe.

O Grupo possui uma frota de aeronaves Boeing 767, 777, 787, Airbus A350, A321, A320, A320neo e A319.

As ações do Grupo LATAM Airlines são negociadas na bolsa de Santiago e nos Estados Unidos seus ADRs são negociados nos mercados OTC (over-the-counter).

Boeing 777

Boeing 777
Foto:LATAM-Divulgação
Instagram