Investe Turismo chega a Rondônia para promover o turismo na região

O programa Investe Turismo chegou a Rondônia, nesta segunda-feira (21), durante o 22º Seminário Itinerante realizado pelo Ministério do Turismo em parceria com a Embratur, o Sebrae e o Governo do Estado. A iniciativa reuniu atores públicos e privados envolvidos nos projetos de gestão integrada e qualificação da rota “Porto Velho e Guajará-Mirim” para identificar oportunidades de negócios, políticas públicas e outras ferramentas oferecidas pelo programa para potencializar o desenvolvimento da atividade turística local.

Rondônia

O secretário Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, Aluizer Malab, conheceu a rota contemplada e destacou, durante o evento, a importância da gestão compartilhada para o setor se desenvolver.  “Essa iniciativa é o começo de um modelo de trabalho que tem a intenção de elevar a competitividade turística e promover todos os ativos do turismo brasileiro. É uma missão difícil positivamente, mas estamos avançando graças ao trabalho em conjunto das esferas nacional, estadual e municipal”, destacou.

Malab apontou também a importância da valorização do turismo local, integrado com todo o entorno das rotas escolhidas pelo programa. “Só podemos transformar uma região em um atrativo turístico se valorizarmos internamente nossa cultura e nossas riquezas. Os turistas querem conhecer os hábitos locais, a gastronomia, a dança, o artesanato, e ninguém melhor do que a própria comunidade para promover estes bens”, completou o secretário.

Investe Turismo

SOBRE O PROGRAMA – O Investe Turismo selecionou 30 rotas turísticas estratégicas no Brasil, que englobam 158 municípios das 27 unidades da Federação. O investimento inicial será de R$ 200 milhões. As rotas turísticas selecionadas receberão ações organizadas em quatro linhas de trabalho que vão desde o fortalecimento da governança, por meio de uma agenda estratégica entre setor público e privado; melhoria dos serviços e atrativos turísticos, com foco especial nas micro e pequenas empresas; marketing e apoio à comercialização, por meio de campanhas, produção de inteligência mercadológica e participação em eventos estratégicos; até a atração de investimentos e o apoio ao acesso a linhas de crédito e fontes de financiamento.

Por Vanessa Castro

Secretário de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, Aluizer Malab, no encerramento do seminário. Foto: Deane Fátima – Assessora de Comunicação Sebrae/ Explorata