Homens que não controlam diabete têm mais chances de perder força muscular

Uma pesquisa, realizada no Programa de Pós-Graduação de Gerontologia (PPGGero) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), constatou uma relação direta entre o nível glicêmico, responsável pela diabetes, e a força dos músculos. De acordo com os resultados do estudo, homens com mais de 50 anos que têm a diabetes descontrolada possuem 137% mais chances de perderem força muscular. Entre as mulheres da mesma idade, este número é um pouco menor, mas ainda alarmante: 67%.

Para chegar a essas conclusões, os cientistas contaram com a colaboração de 5.290 voluntários, que responderam alguns questionários e tiveram amostras sanguíneas coletadas. O orientador da pesquisa, Tiago da Silva Alexandre, afirma que os altos níveis de açúcar no sangue acabam ocasionando a produção de algumas substâncias tóxicas que afetam os músculos. Os nervos, responsáveis pela contração muscular, levando as informações até o cérebro, também sofrem alterações.

Ainda de acordo com o professor, o fato de as mulheres serem menos atingidas por este problema é explicado porque o organismo feminino tem mais capacidade de usar a glicose dentro dos músculos. Além disso, elas possuem mais vasos sanguíneos que levam as substâncias até os tecidos.

O estudo faz parte do Projeto Jovem Pesquisador, com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e foi realizado pela nutricionista Clarice Cavalero Nebuloni. Mesmo tendo sido feita no Brasil, a pesquisa analisou apenas moradores da Inglaterra. Isso porque o estudo faz parte do International Collaboration of Longitudinal Studies of Aging (InterCoLAging), que é um consórcio de pesquisas que envolve três países. Além do Brasil e da Inglaterra, os Estados Unidos também fazem parte.

Porém, os números são essenciais para os brasileiros, já que oferecem a oportunidade de comparação com a população daqui. Os resultados foram tão importantes e esclarecedores que a pesquisa foi publicada em um dos maiores revistas da área, a Journals of Gerontology Medical Sciences – Series A.

Como prevenir a diabetes?

Sabendo de mais um malefício que a diabetes causa em nosso corpo, fica cada vez mais essencial ficar atento à prevenção. Alguns hábitos básicos ajudam a manter essa doença longe. O principal, claro, é manter uma alimentação saudável e equilibrada, além de realizar exercícios físicos regularmente.

Além disso, é importante estar sempre se cuidando e controlando os índices de seu corpo. Monitore o seu peso e não deixe que ele suba muito. Pessoas que já correm risco de ter a doença devem ter um medidor de glicemia. Assim, poderão controlar constantemente os níveis glicêmicos do corpo e, no caso de qualquer alteração preocupante, procurar ajuda médica imediata. Para quem já tem diabetes, essa medição regular é essencial para manter a qualidade de vida.

Imagem de Steve Buissinne por Pixabay