Governo de SP inaugura Centro de Convivência do Idoso em Campos do Jordão

Com a unidade de Campos, o estado completa 12 equipamentos para pessoas com 60 anos ou mais inaugurados em 6 meses de gestão

O governador João Doria e a secretária estadual de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, inauguraram neste sábado, dia 20 de julho, o Centro de Convivência do Idoso (CCI) “Wilma Jundi Dubieux”, em Campos do Jordão, localizado no bairro Abernéssia.  O equipamento vai atender até 200 idosos independentes em situação de vulnerabilidade, a partir dos 60 anos. Com esta obra, a gestão Doria completa a entrega de 12 equipamentos destinados a idosos, sendo 10 CCIs e 2 Centros Dia do Idoso (CDIs).

A cerimônia também contou com as presenças dos prefeitos de Campos do Jordão, Fred Guidone, e de Caraguatatuba, José Pereira de Aguilar Júnior. 

Durante o evento a aposentada, Maria Galvão, 71 anos, (na foto abraçada com a secretária Célia Parnes) leu uma poesia – de sua autoria- dedicada ao governador Doria.

O Centro de Convivência do Idoso integra o Programa São Paulo Amigo do Idoso, coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social. A obra teve um custo total de R$ 716.996,82 sendo que R$ 250 mil foram investidos pelo Governo do Estado e R$ 466.996,82 pela Prefeitura de Campos do Jordão. Com 250 metros quadrados de área construída, o equipamento possui um salão de convivência, três sanitários (feminino, masculino e acessível), cozinha, despensa, área de serviço e escritório.

O objetivo é oferecer um espaço de socialização para evitar o isolamento da pessoa idosa. No local, os usuários têm a opção de despertar novas habilidades, por meios de diversas atividades socioeducativas.

“Queremos avançar na criação de uma cultura para o envelhecimento ativo. Espaços como este possibilitam que nossos idosos possam viver mais e melhor, tendo uma vida digna e mais saudável”, afirmou a secretária Célia Parnes.

O CCI de Campos do Jordão começa a funcionar a partir desta segunda-feira (22/07) com as seguintes atividades: terapia holística, reiki, canto/coral,jogos de mesa/carteado-jogos de tabuleiro,arte-terapia,teatro,dança de salão, karaokê, entre outras. 

 Acompanhe pel/o site o balanço completo sobre o número de CCIs e CDIs instalados no Estado:

http://www.desenvolvimentosocial.sp.gov.br/portal.php/programas_spamigodoidoso

Selo do Idoso

Durante a cerimônia, a secretária Célia Parnes entregou o Selo Intermediário Município Amigo do Idoso para a cidade de Caraguatatuba. 

O Selo Amigo do Idoso foi criado com o objetivo de estimular os municípios e entidades públicas e da sociedade civil a implantarem ações referenciadas pelo Programa São Paulo Amigo do Idoso.

O Selo certifica os municípios paulistas, de acordo com boas práticas públicas voltadas às pessoas idosas referenciadas pela Comissão Intersecretarial do programa.

Para conquistar o Selo Inicial, Intermediário e Pleno, é necessário cumprir metas (ações obrigatórias), tais como: implantar Conselho Municipal do Idoso, atualizar o cadastro de idosos no CadÚnico, realizar diagnósticos etc.

Um total de 641 municípios já assinaram Termo de Adesão ao programa, sendo que 278 possuem o Selo Inicial, 14 o Selo Intermediário e 2 o Selo Pleno.

Foto:Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo