Feminicídio é tema de palestra no Dia das Mulheres na rede Microcamp

Ao invés de rosas ou bombons, uma palestra sobre feminicídio. É dessa forma que a rede de escolas de informática Microcamp quer homenagear as mulheres, colaboradoras da empresa, neste 08 de março, Dia Internacional da Mulher. A palestra será ministrada pelo advogado e policial Paulo Adib, na sede da empresa, em Campinas, com transmissão para todas as escolas da rede no Brasil.

O objetivo é conscientizar as mulheres sobre as políticas educacionais e de conscientização sobre o tema como procedimentos que podem ser adotados para evitar o feminicídio. A iniciativa partiu do departamento de Recursos Humanos da empresa, diante do número alarmante deste tipo de crime no Brasil. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil já tem a quinta maior taxa de feminicídios entre 84 nações pesquisadas. A estatística é de uma mulher morta a cada 2 horas. Ainda de acordo com OMS, o número de assassinados no país chega a 4,8 para cada 100 mil mulheres.

Em 2018, a Central de Atendimento à Mulher — Ligue 180 registrou, em média, 586 denúncias mensais de tentativas de feminicídio. Em 2017, foram 229. Só no Estado de São Paulo, a cada 36 horas, ao menos uma mulher é vítima de feminicídio. O número de feminicídios no estado subiu 26,6% em 2018, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública.

Para especialistas, grande parte dos feminicídios é uma “morte anunciada”, já que estudo do Ministério da Saúde aponta que três a cada dez mulheres já tinham histórico de agressão antes de serem mortas.

“O feminicídio está presente em todos os setores da sociedade, independente da classe social, raça, escolaridade e não é diferente nas empresas. E se caracteriza não apenas pela violência física, mas também psicológica, sexual ou moral. Por isso é preciso ficar alerta e agir, porque muitas mulheres, por medo, vergonha e até mesmo conformismo, acabam não revelando que são vítimas de violência”, adverte o palestrante Paulo Adib.

Sobre a Microcamp

A Microcamp é a principal rede de escolas de informática e inglês no Brasil, com 65 unidades espalhadas por todo o país. Foi a escola pioneira na popularização do ensino de informática no Brasil e desde sua fundação, em 1977, já formou mais de 1,5 milhão de alunos.

Oferece os principais cursos na área, desde o básico Pacote Office, passando pelo Informatica com App´s e Realidade Mixada, Hardware e Robótica, Desenvolvimento de Games e Inglês com Inteligência Artificial e Holografia.

Crédito: Envato Elements