Faixa elevada traz mais segurança à travessia na região central

Equipes finalizam serviço de sinalização da travessia implantada na rua Coronel José Monteiro – Foto: Claudio Vieira/PMSJC

A Prefeitura de São José dos Campos finalizou, nesta terça-feira (17), a implantação da faixa elevada na rua Coronel José Monteiro, na região central. A melhoria integra o pacote de 29 travessias previstas para este ano, cujo intuito é proporcionar mais segurança e acessibilidade aos deslocamentos feitos a pé pelas regiões da cidade.

Para o técnico em mecânica, João Narciso Souto, 40 anos, a colocação da travessia elevada na rua Coronel José Monteiro é muito importante devido à redução da velocidade. “Essa é uma região de escolas e, com a faixa elevada, as pessoas são obrigadas a diminuir a velocidade para que as crianças atravessem com segurança”.

Nesta semana, as obras começam na região sul, onde será implantada uma nova travessia na rua Edilson Sabino dos Santos, no bairro Dom Pedro. A previsão para conclusão dos trabalhos é de 10 dias.

Em 2018, as ruas Itatiaia, no Jardim Santo Onofre (sudeste), Emílio Marelo, Jardim das Indústrias (oeste), São Jerônimo e João Rodolfo Castelli, ambas no Putim (região sudeste) já receberam a melhoria. No ano passado foram implantadas 16, contemplando todas as regiões.

Os trabalhos estão sendo realizados pela Urbam (Urbanizadora Municipal).

Segurança do pedestre
A implantação das travessias visa aumentar a segurança do pedestre no trânsito. Conforme preconiza o Código de Trânsito Brasileiro (art. 70, cap. IV), os pedestres que estiverem atravessando a via sobre as faixas delimitadas para esse fim terão prioridade de passagem, exceto nos locais com sinalização semafórica, onde deverão ser respeitadas as disposições do Código.
No que se refere à segurança, o pavimento elevado obriga o motorista a reduzir a velocidade do veículo, oferecendo assim mais tranquilidade aos pedestres na hora de atravessar.
Para a acessibilidade, a travessia no mesmo nível da calçada também traz melhorias uma vez que facilita o deslocamento de pessoas idosas, com deficiência e até mesmo mães com carrinho de bebê.
Prioritariamente, as travessias elevadas são feitas em áreas de grande circulação de pessoas, como escolas, centros poliesportivos e unidades de saúde.

Gostou, Compartilhe!
Show Buttons
Hide Buttons