Fabricantes querem expandir rede de abastecimento de hidrogênio na Europa

Três associações de classe na Europa estão se unindo para pedir aos governos locais maiores investimentos para estabelecer a infraestrutura de uma rede de abastecimento de hidrogênio para carros elétricos movidos a célula de combustível. O pedido foi assinado pela Acea, que reúne as fabricantes de veículos na Europa, a Hydrogen Europe, que representa a indústria de hidrogênio e célula de combustível, e a IRU, organização mundial do transporte rodoviário.

O documento foi assinado durante a Conferência de Hidrogênio para a Ação Climática realizada na quarta-feira, 9, em Bruxelas (Bélgica) e organizada pela Comissão Europeia. Ele é direcionado à próxima Comissão Europeia bem como aos seus novos deputados para que apoiem a implantação de infraestrutura do hidrogênio em toda a União Europeia.

Em nota conjunta, as associações reforçam para a necessidade da criar um plano estratégico que viabilize a implantação da rede de abastecimento de veículos com células de combustível, o que, segundo as interessadas, também deve considerar os requisitos específicos para caminhões, que necessitam de grandes capacidades de armazenamento em locais estratégicos, como centros de logística, por exemplo.

Além disso, indicam que o plano deve incluir a revisão da norma de combustíveis alternativos da UE para incluir metas obrigatórias para o hidrogênio e adicionar o desenvolvimento de novos instrumentos financeiros para investimentos em infraestrutura, bem como autorizar a utilização de mecanismos de financiamento existentes e direcioná-los também a este segmento.

“Juntamente com outros veículos movidos a combustíveis alternativos, os carros com células de combustível têm um forte potencial para ajudar na transição para a mobilidade de emissão zero”, afirmou o diretor geral da Acea, Eric-Mark Huitema, durante a cerimônia de assinatura. “Mas sua capacidade de atingir esse potencial depende da construção de uma rede de estações de reabastecimento de hidrogênio em toda a Europa. Hoje, existem apenas 125 estações de hidrogênio na UE, então há muito trabalho a ser feito nos próximos anos.”

Fonte:http://www.automotivebusiness.com.br/noticia/30018/fabricantes-querem-expandir-rede-de-abastecimento-de-hidrogenio-na-europa