Estudantes da UFSCar e da USP fundam startup premiada em concurso internacional

Be.Benefits busca promover o consumo consciente de produtos de beleza
Conhecer pessoas e ter a oportunidade de viver uma experiência diferente de empreendedorismo e inovação era o objetivo, mas o resultado foi muito além: a Be.Benefits, startup criada por estudantes e egressos da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e do campus da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos, foi uma das vencedoras da competição The Global Startup Weekend – Sustainable Revolution (https://global-sustainable-revolution.com), ficando entre os cinco melhores projetos dos mais de 500 apresentados em edições que aconteceram em 52 cidades de 28 países, incluindo São Carlos, onde a trajetória de sucesso da empresa começou.

Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)


Lígia Frem Di Nardo, engenheira de materiais formada pela UFSCar e uma das criadoras da Be.Benefits, conta que a proposta partiu do seu incômodo com a questão dos resíduos gerados pelo mercado de produtos de beleza e cuidados pessoais, após uma primeira experiência em outra startup do setor. “Quando me deparei com o tamanho desse mercado, surgiu a questão sobre como a tecnologia poderia ajudar também a engajar o consumidor com hábitos de consumo mais sustentáveis”, situa a empreendedora, que apresentou a ideia no Startup Weekend realizado em São Carlos, no Onovolab, de 14 a 16 de junho. Lá, se juntaram a ela Thaiana Andrade, estudante de Engenharia de Produção na UFSCar; Caio Viana, estudante de Engenharia Ambiental na USP; e Alexandre Atilio Naressi, graduado em Engenharia Civil pela USP. Em uma maratona de 54 horas, surgiu o modelo de negócios da Be.Benefits, que venceu a etapa local e, depois, foi selecionada junto com outros quatro projetos, da Argentina, China e México.
A proposta da Be.Benefits é criar uma plataforma que ofereça a empresas a possibilidade de disponibilizar como benefício aos seus colaboradores cupons de desconto para aquisição de produtos de beleza e cuidados pessoais. “Parte significativa das empresas no Brasil têm dificuldades no engajamento dos mais jovens no ambiente de trabalho, e acreditamos que novos tipos de benefícios podem ajudar a estreitar os laços funcionário-empresa”, afirma Di Nardo, comparando os cupons a produtos como o vale-alimentação e o vale-refeição. Além do desconto, a empresa recebe um totem digital inteligente para descarte das embalagens dos produtos adquiridos, que são destinadas às recicladoras oficiais. Quanto mais o colaborador descarta corretamente, mais créditos recebe para aquisição de novos produtos na plataforma da Be.Benefits.
Ao ficar entre as finalistas no Startup Weekend, a Be.Benefits recebeu a oportunidade de participar da Change Now Summit (www.changenow-summit.com), que acontece em Paris em janeiro do ano que vem, para apresentar a ideia a potenciais investidores. Até lá, a equipe continuará trabalhando no desenvolvimento da plataforma. “Estamos desenhando a jornada desse produto dentro das empresas, pensando nos mínimos detalhes para que a experiência de entregar o resíduo no totem seja única e especial. Já existem grandes empresas interessadas, inclusive do setor de beleza”, relata Di Nardo, destacando como a vivência nas universidades foi fundamental para o surgimento da Be.Benefits. “A UFSCar e a USP sempre nos desafiaram, nos fizeram sair da nossa zona de conforto, experimentar, errar e tentar de novo. Foram fundamentais para a consciência e a responsabilidade que temos hoje, principalmente no que diz respeito a desenvolver tecnologias e negócios que ajudem de fato a melhorar o nosso mundo”, conclui.

Be.Benefits


Mais informações sobre a Be.Benefits podem ser acessadas via http://bit.ly/2YOzVXc. A TV UFSCar também produziu reportagem sobre o projeto. Confira em https://bit.ly/2M2YSw8.

Equipe formada no Startup Weekend em São Carlos-Foto:Divulgação