Estudante de São José dos Campos é destaque em Olimpíada Brasileira de Matemática

Davi Micoski, da 1ª série do Ensino Médio do Colégio Poliedro,conquistou a medalha de ouro na competição

Nesta semana o estudante Davi Micoski, de 16 anos, foi surpreendido com uma ótima notícia. Ele conquistou a medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP (um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras), que contou com 18,2 milhões de inscritos. O aluno do Colégio Poliedro foi o único estudante de São José dos Campos a conseguir esse destaque. “Competi com estudantes de outras séries do Ensino Médio, por isso, a OBMEP representou um grande desafio. Assim, fico muito contente porque a participação em competições me incentiva a aprender cada vez mais e acrescenta ao meu currículo ”, afirma.  

Para se preparar de forma qualificada para a competição, considerada a maior olimpíada estudantil do País, ele teve aulas no Módulo de Olimpíadas de Matemática do Colégio Poliedro, marca educacional reconhecida pelo elevado índice de aprovações em universidades públicas e pelo excelente desempenho de seus alunos em competições estudantis. No total, os alunos do Colégio Poliedro conquistaram 1 medalha de ouro, 3 de prata, 4 de bronze e 17 menções honrosas nesta disputa. Participaram alunos entre o 6º ano do Ensino Fundamental e a 3ª série do Ensino Médio.

Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP

O Poliedro teve 45 alunos participantes da 2ª fase da OBMEP, sendo 25 premiados. “As competições científicas são fundamentais para o desenvolvimento de diversas habilidades dos alunos, possibilitando que eles apresentem crescimento pessoal e acadêmico significativos. Por isso, incentivamos a participação dos nossos alunos nestas competições”, aponta Thiago Cardoso da Costa, coordenador da equipe de Olimpíadas Científicas e da Turma ITA do Poliedro.

Micoski participa da preparação no Poliedro desde o 6º ano do Ensino Fundamental e recomenda aos colegas. “ Questões de olimpíadas possuem características diferentes das que aparecem nas provas das aulas regulares”, explica.

Estudante Davi Micoski

Ele já acumula 21 premiações dos torneios. Em 2018, levou para casa a medalha de bronze na Olimpíada de Matemática Rioplatense, na Argentina. Disse que pretende participar destas e outras competições estudantis. A depender do desempenho obtido até agora, sua coleção de medalhas tende a aumentar.

Colégio Poliedro

Com sedes em São José dos Campos, São Paulo e Campinas, o Colégio Poliedro trabalha dia a dia com a missão de formar e transformar jovens do Ensino Fundamental e do Ensino Médio em cidadãos atuantes, protagonistas e conscientes de seu papel e de sua responsabilidade na sociedade.

Para enfrentar o desafio de educar, o Colégio tem como proposta de formação a valorização do conhecimento em um ambiente estimulante, onde se destacam a dedicação, a autonomia e a tecnologia.

Para saber mais a respeito do Colégio Poliedro, acesse: www.colegiopoliedro.com.br