Estudante de São José dos Campos conquista 11 medalhas em olimpíadas

Ao todo, os alunos do Curso e Colégio Poliedro conquistaram mais de 600 premiações ao longo de 2018

Aluno da 2ª série do Ensino Médio, Bruno Sussel Mendes Cunha Bastos obteve grande destaque no ano de 2018. Filho de engenheiros cartográficos, ele gosta de matérias de Exatas, como Matemática e Física, e foi o estudante mais premiado em olimpíadas científicas pelo terceiro ano consecutivo entre os alunos do Curso e Colégio Poliedro.

Somente em 2018, Bruno ganhou 11 medalhas (sendo cinco de ouro) nas competições e foi classificado para as seletivas internacionais de Física em 2020. Ao todo, o estudante coleciona 27 prêmios. “Para os estudantes que desejam conquistas olímpicas, é necessário bastante estudo, mas também persistência. Às vezes, você não consegue nem passar da primeira fase em um ano, mas no próximo pode alcançar um desempenho excelente”, aconselha.

No total, os alunos das unidades sedes do Colégio e Curso do Poliedro localizadas em Campinas (SP), São José dos Campos (SP) e São Paulo conquistaram um total de 600 premiações em 26 competições estaduais, nacionais e internacionais em 2018. Foram 122 medalhas de ouro, 128 de prata, 183 de bronze e 167 menções honrosas. “As competições científicas são fundamentais para o desenvolvimento de diversas habilidades entre os alunos, possibilitando ainda que eles apresentem um crescimento pessoal e acadêmico significativo”, afirma Thiago Costa, coordenador da equipe de Olimpíadas Científicas e da Turma ITA do Curso Poliedro.

O resultado é o melhor da série histórica e representa um crescimento de 51,1% em relação ao ano anterior. “Somos referência no Vale do Paraíba e já estamos entre as três escolas mais premiadas do Estado de São Paulo no ranking geral com todas as competições. Nosso resultado cresce a cada ano”, destaca Lucas Nyari, coordenador de Inteligência Educacional do Sistema Poliedro.

Entre as principais conquistas de Bruno estão a medalha de ouro na Olimpíada Paulista de Matemática (OPM), o ouro na Olimpíada Brasileira de Física (OBF) e recentemente a prata na OPF (Olimpíada Paulista de Física). A estrela de Bruno continua a brilhar. Com o sonho de estudar Engenharia Aeroespacial no ITA, ele se diz focado para se preparar para o vestibular, mas continua a estudar para as provas olímpicas.

Sobre o Colégio Poliedro

Com sedes em São José dos Campos, São Paulo e Campinas, o Colégio Poliedro trabalha dia a dia com a missão de formar e transformar jovens do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio em cidadãos atuantes, protagonistas e conscientes de seu papel e de sua responsabilidade na sociedade.

Para enfrentar o desafio de educar, o Colégio tem como proposta de formação a valorização do conhecimento em um ambiente estimulante, onde se destacam a dedicação, a autonomia e a tecnologia.

Para saber mais a respeito do Colégio Poliedro, acesse: www.colegiopoliedro.com.br.

Somente em 2018, Bruno ganhou 11 medalhas (sendo cinco de ouro) nas competições e foi classificado para as seletivas internacionais de Física em 2020
Divulgação – Poliedro