Entenda um pouco sobre o ciclo menstrual

Parte do empoderamento feminino passa pelo conhecimento do funcionamento do seu corpo.

Você sabe como o seu corpo funciona? O que é menstruação e como ela ocorre? Essas perguntas, apesar de simples, são fundamentais para poder cuidar de si.

A mulher que entende o funcionamento do seu corpo se torna dona de si e pode até prevenir uma gravidez indesejada. É essencial deixar a vergonha e o tabu de lado e trazer o tema da menstruação para o diálogo aberto, transparente e verdadeiro.

Somente desta forma, desde a menarca (a primeira menstruação) que a menina vai sentir conforto durante a menstruação e vai encarar esse processo do seu ciclo como algo natural – como deve ser! Para que isso ocorra, é de extrema importância levar informação e promover a conversa sobre o assunto.

O que é ciclo menstrual?

Todos os meses, a natureza prepara o corpo feminino para uma possível gravidez. E como ela faz isso? Expelindo um óvulo que ficou “maturando” dentro dos ovários para que ele possa se encontrar com um espermatozoide dentro do útero e, dessa forma, gerar um bebê.

O útero também é preparado. O corpo reveste o órgão internamente com um tecido chamado endométrio, que é onde o óvulo fecundado vai originar o bebê.

É como se o endométrio fosse um cobertor fofinho que a natureza coloca no útero (ninho) para gerar o bebê por meio do óvulo. Quando percebe que não vai gerar um bebê, o útero então se contrai para eliminar o endométrio que está ali, “limpar a casinha” e se preparar para outra tentativa no mês seguinte.

E é da saída desse endométrio que temos a menstruação!

O ciclo menstrual ocorre, em média, a cada 28 dias e deve ser contado desde o primeiro dia da menstruação para que a mulher possa entender e regular seu ciclo.

Esse conhecimento permite que ela entenda os sinais do organismo e reconheça quando estiver ovulando. Dessa forma, pode permitir ou prevenir uma possível gestação.

Ao longo do ciclo menstrual, o corpo passa, basicamente, por três fases distintas:

1.   Fase folicular

Começa no primeiro dia da menstruação e pode durar até 12 dias, dependendo da duração do ciclo de cada mulher.

Neste período, o cérebro produz um hormônio chamado de folículo-estimulante (FSH), que vai liberar estrogênio na corrente sanguínea e estimular a maturação dos óvulos.

Nesta fase, o estrogênio começa a preparar outro endométrio para revestir internamente o útero.

2.   Fase ovulatória

Com o estrogênio em alta, o corpo produz outro hormônio, o luteinizante (LH), que faz com que o óvulo mais maduro saia de dentro do ovário, viaje pelas trompas e chegue até o útero.

É nesta fase que ocorre, cerca de 14 dias após o início do ciclo menstrual, a chamada ovulação, ou seja, o período mais propício para engravidar.

Curiosamente, o óvulo “vive” apenas 24 horas fora do ovário, mas o espermatozoide pode viver até 72 horas dentro do corpo feminino.

É por isso que, mesmo que a relação sexual tenha acontecido alguns dias antes da ovulação, a gravidez ainda é possível com a chegada do espermatozoide no útero bem no momento em que o óvulo está lá.

3.   Fase lútea

É a reta final do ciclo menstrual, que pode durar até 12 dias. Este é o momento em que os sintomas da tensão pré-menstrual (TPM) aparecem.

Se a mulher não engravidou, há uma queda na produção hormonal e, em poucos dias, a menstruação aparece. Essa mudança nos hormônios causa os incômodos da TPM.

Por outro lado, caso ocorra uma gestação, os níveis hormonais aumentam e outras substâncias começam a ser secretadas, como o famoso Beta-HCG, que indica a gestação.

É recomendado que a mulher realize teste de farmácia ou exame de sangue para detectar a gestação, preferencialmente cinco dias depois do atraso da chegada da menstruação.

 

Instagram