EM SÃO PAULO, EXEMPLO PARA O TRANSPORTE COLETIVO DE TODO O BRASIL

Se consumir bebidas alcóolicas, vá para casa de ônibus e não dirija. Em uma iniciativa ousada e educativa, as operadoras de transporte coletivo urbano  Metra e SBCTrans, ambas de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, realizaram, durante este mês, campanhas para colaborar com a redução de acidentes de trânsito motivados pelo consumo de bebidas alcóolicas. As ações estão alinhadas com o movimento Maio Amarelo.

A SBCTrans distribuiu gratuitamente, durante o mês de maio, em bares e restaurantes de São Bernardo do Campo, um Ticket Maio Amarelo que serviu como vale-passagem para que as pessoas pudessem retornar para casa de maneira segura e confortável após consumirem bebidas alcóolicas, no famoso Happy-hour de final do dia e finais de semana.

“Esta ação é mais uma iniciativa para aproximar a comunidade e os potenciais usuários do transporte coletivo. Queremos focar naquelas pessoas com comportamento social ativo e que costumeiramente bebem e depois dirigem. A intenção é educar e mostrar que o transporte coletivo pode ser uma opção segura e agradável para quem consume álcool fora de casa”, explica Milena Braga Romano, diretora executiva da SBCTrans.

Segundo dados da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), do Ministério da Saúde, nos últimos anos, o percentual de adultos que admitem conduzir veículos motorizados após consumir qualquer quantidade de bebida alcoólica não caiu e se manteve estável. Entre as mulheres este percentual aumentou. E grande parte dos acidentes de trânsito estão relacionados ao consumo de álcool, principalmente entre os jovens.

A Metra lançou uma nova campanha para estimular o uso do ônibus no retorno para casa e garantir transporte seguro e de qualidade para quem volta das baladas e happy-hour. A ação está alinhada às mudanças de comportamento da população, que tem optado por utilizar outros meios de transporte do que o individual para se locomover nos centros urbanos, e atrair esses potenciais usuários do transporte coletivo.

Segundo Maria Beatriz Setti Braga, diretora executiva da Metra, o objetivo é ajudar para a redução dos acidentes de trânsito associados ao consumo de álcool. “A intenção é educar e mostrar que o serviço da Metra pode ser uma opção segura e agradável para quem vai a uma festa, consume bebidas alcóolicas e depois precisa voltar para casa”, destaca.

“Temos notado a mudança de comportamento, sobretudo entre os jovens, que têm optado por utilizar outros meios de transporte que o individual para se locomoverem. É uma questão de consciência. Dirigir no nosso trânsito é muito estressante e os jovens não querem ter carro para ficarem presos em engarrafamentos ou expostos a riscos”, destaca Maria Beatriz Setti Braga.

imagem: Arquivo SBCTrans