Do hippie ao geek: todos podem se divertir com a Pixel Art

As famosas miçangas, pecinhas de plástico ou de vidro usadas para fazer bijuterias e todo tipo de artesanato foram atualizadas para a era da internet e abriram espaço para a Pixel Art. Feita com borrachinhas de plástico parecidas com aquelas de aparelhos ortodônticos, a técnica passou a ser usada para reproduzir personagens da cultura pop em diferentes objetos: chaveiros, colares, bonecos, ímãs, quadros e até reprodução de fotos.

Pixel é o menor elemento presente em um dispositivo eletrônico visual onde se pode aplicar uma cor. Quando representado, dá a impressão de que os desenhos foram feitos a partir de um grande zoom na tela, lembrando elementos gráficos de sistemas computacionais antigos, como consoles de video games e telefones celulares. Entre as atrações do Rio Matsuri, festival da cultura japonesa que acontece no Riocentro entre os dias 25 e 27 de janeiro, estão workshops de Pixel Art.

Danielle Nanami, sansei com doutorado em agronomia, brincava de fazer origami desde pequena. Quando os amigos começaram a insistir que ela fizesse as peças pra vender e, participando de festivais geek, os pedidos foram ficando cada vez mais elaborados. Ela, então, resolveu se arriscar no Pixel Art e há três anos trabalha com a técnica.

O método consiste em unir borrachinhas coloridas, uma a uma, com o auxílio de uma pinça, sobre uma placa de acrílico com pinos específica. Depois, o material é passado a ferro quente, quando, ao derreter, as borrachas se unem formando a imagem desejada. Existem mais de duzentas cores diferentes de beads, material importado dos Estados Unidos destinado à prática. Mas a Pixel Art pode ser feita de miçanga, vitrilho, canutilhos, paetês, lantejoulas e até ponto de cruz.

Rio recebe festival da cultura japonesa

Uma viagem ao Japão está ao alcance de todos os cariocas e turistas que estiverem no Rio de Janeiro entre os dias 25 e 27/01. Neste fim de semana, o Rio Matsuri, festival da cultura nipônica, vai proporcionar uma verdadeira imersão nas tradições milenares da próxima sede dos Jogos Olímpicos, assim como nos esportes, gastronomia, música, dança, moda, arte e cultura pop da terra do Sol Nascente. A programação conta com atrações para todas as idades, e as crianças de até 8 anos entram de graça.

 

Evento: Rio Matsuri
Datas: 25 a 27/01/2019
Local: Riocentro – Pavilhão 4 – Avenida Salvador Allende, 6555 – Barra da Tijuca.
Classificação etária: livre
Ingressos (crianças até 8 anos não pagam):

Lotes 01
Inicio: 28/11 – 12h
Valor Inteira: R$ 20,00

Lote 02
Inicio: 10/01 – 0h
Valor Inteira: R$ 25,00

Lote 03
Inicio: 25/01 – 0h
Valor Inteira: R$ 30,00

Vendas pelo site do evento: www.riomatsuri.com.br