Cuidados para evitar problemas ao realizar reformas em casa

Com as pessoas passando mais tempo dentro de casa durante a quarentena, o segmento de Casa e Construção cresceu; confira dicas para realizar reformas sem acidentes

Com a pandemia do novo coronavírus, a realidade de muitas pessoas foi alterada. Especialmente por passar muito mais tempo dentro de casa, houve um crescimento nas pequenas reformas e mudanças na decoração dos ambientes, com o intuito de deixar o lar mais agradável e adequado ao trabalho, por exemplo. 

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), em meio à quarentena, o segmento de Casa e Construção cresceu cerca de 36% em julho, em comparação com o mesmo período de 2019. Reformas residenciais e adaptações para o home office foram alguns dos fatores que impulsionaram o crescimento do setor. Além disso, em algumas cidades, as lojas de material de construção fizeram parte dos serviços essenciais e continuaram abertas, mas com restrições.

Contudo, ao realizar pequenas reformas em casa no modo “faça você mesmo”, é preciso ter alguns cuidados especiais para evitar acidentes domésticos. Confira abaixo dicas para passar por consertos e mudanças sem problemas.

Use equipamentos de proteção e deixe o ambiente adequado: Antes de começar qualquer reforma, cuide da sua vestimenta e dos equipamentos de proteção. Portanto, dependendo do tipo de trabalho que for realizar, coloque óculos de proteção, luvas e proteção auditiva. Quanto à vestimenta, use sapatos fechados, para evitar que ferramentas caiam e machuquem pés e dedos, e evite usar joias e acessórios pendurados – se tiver cabelo comprido, prenda-o, também.

O ambiente também precisa estar preparado. Por isso, garanta que haja uma boa iluminação e tire objetos do chão – isso vai evitar possíveis tropeços. Além disso, caso a reforma envolva pinturas nas paredes, o ambiente precisa estar bem ventilado, com janelas abertas para circular o ar com maior facilidade. 

Verifique se as ferramentas estão em boas condições: Estar com as ferramentas próprias para cada tipo de reforma é o ideal para garantir eficiência no resultado final. Ademais, os equipamentos também precisam estar funcionando bem para evitar problemas ao ligá-los e prevenir danos na casa. Por isso, verifique antes de usar se tudo está em boas condições de uso.

Ferramentas, como furadeira, dremel, parafusadeira, alicates e martelo, por exemplo, são as mais comuns e essenciais para as reformas. No entanto, se você não possui familiaridade com algum equipamento, leia o manual de instruções antes do uso. Isso vai garantir que você realmente saiba manusear e usar a ferramenta. Assistir a vídeos no YouTube também é uma boa alternativa para aprender.

Foto: Divulgação

Instagram