Compartilhamento excessivo de conteúdos, pode levar à perda de seguidores e privacidade

A Avast traz dicas de como evitar o compartilhamento excessivo de conteúdos nas mídias sociais e manter a privacidade. Pesquisa revela que 2 em cada 5 brasileiros deixaram de seguir pessoas nas mídias sociais, por compartilharem opiniões políticas com as quais não concordavam.

A Avast (LSE: AVST), líder global em produtos de segurança e privacidade digital, traz dicas de como as pessoas podem evitar o compartilhamento excessivo de conteúdos na internet. Uma pesquisa encomendada pela Avast aponta que cerca de 2 em cada 5 usuários brasileiros deixaram de seguir pessoas nas mídias sociais, por compartilharem opiniões políticas com as quais não concordavam. De acordo com um levantamento da Statista, o número de usuários de mídias sociais no Brasil deverá chegar a 114,5 milhões em 2023, reforçando como as plataformas sociais cada vez mais se tornarão ferramentas relevantes no dia a dia dos brasileiros nos próximos anos.

“Nossa pesquisa mostra que existem usuários que compartilham muitos conteúdos relacionados ao conforto de outras pessoas, a ponto de outros seguidores deixarem de segui-los”, diz André Munhoz, Country Manager da Avast no Brasil. “As pessoas devem considerar o que estão compartilhando, podendo fazer com que os amigos e seguidores sintam que involuntariamente estão invadindo sua privacidade. Compartilhar eventos que participam nas mídias sociais, pode ser relevante para alguns e, embora amigos próximos e familiares possam interagir com frequência com essas postagens, é importante não esquecer o potencial mais amplo. Plataformas como o Facebook já existem há algum tempo e, por isso, as pessoas ainda podem estar conectadas com “amigos” com os quais não têm contato há anos. Portanto, as pessoas podem compartilhar detalhes de suas vidas pessoais, como fotos de seus filhos com pessoas que ao longo do tempo se tornaram estranhas para elas e devem considerar o risco à privacidade resultante do excesso desse compartilhamento. Esses riscos podem incluir potenciais perseguições ou crianças sendo contatadas por abusadores sexuais”.

A pesquisa encomendada pela Avast entrevistou 514 adultos brasileiros, questionando-os sobre as razões pelas quais deixaram de seguir alguém nas mídias sociais e descobriram:

Razões que levaram a deixar de seguir outras pessoas nas mídias sociais:Entrevistados(Todos)Entrevistados(Homens)Entrevistados(Mulheres)
Não tenho mais contato com a pessoa fora das mídias sociais.41%38%43%
A pessoa postou muito conteúdo sobre sua vida pessoal27%27%27%
A pessoa postou opiniões políticas, com as quais não concordo38%40%37%
A pessoa postava fotos dos filhos com frequência12%14%10%
A pessoa postava fotos de seus animais de estimação com frequência10%13%7%
Nunca deixou de seguir ninguém nas mídias sociais26%24%27%

Mídias sociais

A seguir, André Munhoz ainda destaca as dicas sobre como evitar o compartilhamento excessivo de conteúdos e manter a privacidade nas mídias sociais:

  • Verifique as configurações de privacidade regularmente e, antes de compartilhar algo, considere se deseja compartilhar a postagem com todos os seguidores ou restringir a publicação para apenas amigos e familiares próximos;
  • Consulte os amigos antes de postar fotos deles, para ver se concordam com a postagem que irá fazer;
  • Deixe de seguir as pessoas com quem não se sente confortável ao ver suas postagens;
  • Evite usar tags de geolocalização, especialmente ao postar fotos do trabalho ou tiradas em casa, para que não seja possível descobrir onde você trabalha ou mora.
  • Verifique as informações das pessoais dos seus perfis nas mídias sociais e exclua ou configure como privadas as informações como cidade atual, data de nascimento, nomes de parentes, nível educacional e dados de trabalho.

* Pesquisa realizada pela Toluna em nome da Avast em fevereiro de 2020, com 514 adultos entrevistados no Brasil.

Avast

A Avast (LSE: AVST) é líder global em produtos de segurança e privacidade digital. Com mais de 400 milhões de usuários online, a Avast oferece produtos das marcas Avast e AVG que protegem as pessoas contra ameaças na internet e o cenário de ameaças da IoT em evolução. A rede de detecção de ameaças da companhia está entre as mais avançadas do mundo, usando tecnologias de aprendizado de máquina e inteligência artificial para detectar e impedir ameaças em tempo real. Os produtos de segurança digital da Avast para dispositivos móveis, PC ou Mac são os mais bem classificados e certificados pela VB100, AV-Comparatives, AV-Test, SE Labs e outros. Visite: www.avast.com/pt-br.

Imagem de Thanks for your Like • donations welcome por Pixabay 

Instagram