Com 350 inscritos de 12 estados, SPIMF reúne na UFSCar pesquisadores do Brasil, Argentina e Espanha

A UFSCar sediará a partir desta quinta-feira (23) o I Simpósio de Pesquisa e Inovação em Materiais Funcionais (SPIMF), realizado pelo Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF). O simpósio recebeu 350 inscrições de participantes de 12 estados do país, incluindo pesquisadores de todos os níveis, desde a iniciação científica, mestrandos, doutorandos, pós-doutorandos, docentes e técnicos.  

O objetivo é divulgar os avanços mais recentes na síntese e desenvolvimento de materiais funcionais, principalmente os relacionados às áreas de Energia, Meio Ambiente e Saúde, de enorme interesse e importância na atualidade, e, também, na Teoria, fundamental à melhor compreensão das propriedades físico-químicas e dos fenômenos associados a esses materiais. “Foram registradas 53 inscrições  na área de Energia, 52 em Meio Ambiente, 58 em Saúde e 36 em Química teórica”, informa o diretor do CDMF, professor Elson Longo.

A expectativa dos organizadores é que, além da divulgação das pesquisas em andamento, o evento promova o contato entre as pessoas presentes, proporcionando uma importante rede de conhecimentos e o intercâmbio de ideias e saberes. Um diferencial do SPIMF é que a organização do evento está a cargo de jovens pesquisadores, em fase de realização do doutorado ou do pós-doutorado, que avaliam a experiência como muito importante para a futura carreira de todos os envolvidos.

A programação terá palestrantes brasileiros, espanhóis e argentinos que são referência em suas áreas, atuantes tanto no setor acadêmico quanto em empresas, e que, segundo os organizadores, trazem para o evento amplo conhecimento prático, profunda visão integradora entre pesquisa e inovação e apurada experiência didática. Também haverá apresentações de resumos na forma de pôster.

Entre os palestrantes brasileiros, estarão os professores Vanderlei Salvador Bagnato (Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo), Edgar Dutra Zanotto (Departamento de Engenharia de Materiais da UFSCar), Osvaldo Novais de Oliveira Junior (Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo), Ana Carolina de Mattos Zeri (Laboratório Nacional de Luz Síncrotron) e Lucia Helena Mascaro Sales (Departamento de Química da UFSCar).

O evento acontecerá dias 23 e 24 de maio, das 8h às 18h30, no Teatro Florestan Fernandes da UFSCar, na av. Biblioteca Comunitária, s/n, Monjolinho, São Carlos, SP.

Homenagem

O presidente da Fapesp, Marco Antonio Zago, será homenageado pelo conjunto do seu trabalho como cientista no encerramento do evento, dia 24, às 17h45, no auditório Florestan Fernandes, na UFSCar.

Saiba mais em: https://cdmf.org.br/2019/04/26/marco-antonio-zago-presidente-da-fapesp-sera-homenageado-em-simposio-do-cdmf/

Infinito em todas as direções

Nos dias 25 e 26 de maio, a Orquestra Experimental da UFSCar faz duas apresentações do espetáculo/concerto “Infinito em todas as direções“, inspirado nas origens da matéria, do Universo e, em última instância, da vida na Terra. O projeto é uma promoção do CDMF, integrando suas atividades de difusão científica, com realização da Orquestra e do Laboratório Aberto de Interatividade para a Disseminação do Conhecimento Científico e Tecnológico (LAbI) da UFSCar. As apresentações fazem parte da programação do I SPIMF.

Veja mais em: http://cdmf.org.br/2019/05/17/ufscar-recebe-espetaculo-multimidia-infinito-em-todas-as-direcoes-nos-dias-25-e-26-de-maio/


CDMF

O CDMF é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids) apoiados pela Fapesp, e recebe também investimento do CNPq, a partir do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN). Multidisciplinar e com inserção internacional, o Centro reúne pesquisadores da UFSCar, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade de São Paulo (USP), Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), Universidade Federal do ABC (UFABC), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e Centro de Tecnologia de Informação Renato Archer (CTI).

O CDMF atua no desenvolvimento de materiais funcionais e nanoestruturados, que buscam atender as novas demandas da sociedade em três áreas estratégicas: Energia, Saúde e Meio Ambiente e Sustentabilidade. Mais informações em cdmf.org.br.