Classificados do programa pró-trabalho começam a ser chamados

A Prefeitura de São José dos Campos iniciou, nesta segunda-feira (25), a inserção dos primeiros 70 classificados do programa Pró-Trabalho no mercado profissional, direcionando-os aos postos de trabalho. Eles deverão começar suas atividades a partir da próxima segunda-feira (2). Todos classificados foram comunicados, na semana passada, por e-mail e por ligação informando dia e horário para apresentação na Secretaria de Apoio Social ao Cidadão (rua Henrique Dias, 363, Monte Castelo).

Até o dia 8 de agosto, serão convocados 460 profissionais para trabalharem nas áreas de interesse da Prefeitura: serviços gerais externos e internos e administrativo. Ao todo serão oferecidas até 2.000 vagas.

Esse momento tem sido aguardado com muita expectativa por todos que se inscreveram no programa, como é o caso do Lúcio Alberto da Silva, 41 anos, casado e pai de uma filha de 7 anos. Vivendo em uma situação financeira difícil, desempregado há dois anos, Lúcio procurou a assistência social do Cras (Centro de Referência da Assistência Social) e foi informado sobre o Pró-Trabalho. “Não tive dúvida. Me informei como deveria fazer para concorrer, passei na seleção e fui convocado. Agora estou aqui conferindo tudo para que possa começar a trabalhar. Estou muito feliz. Tenho que colocar o que comer em casa e essa era a oportunidade que eu precisava”.

Na casa de Márcio Xavier da Cruz, 49 anos, também sem emprego há dois anos, o desânimo já fazia parte da rotina, quando resolveu participar do programa. Pai de seis filhos, ele se inscreveu confiante que seria chamado. “Fui confiante de que daria certo. Me sinto aliviado com essa nova oportunidade de trabalho. Estou ansioso para começar no dia 2 de julho”.

Até o dia 8 de agosto de 2018, serão convocados os primeiros 460 profissionais para trabalharem nas áreas de interesse da Prefeitura: serviços gerais externos e internos e administrativo. Ao todo serão oferecidas até 2.000 vagas.

O programa

O Pró-Trabalho é coordenado pelas secretarias de Apoio Social ao Cidadão e de Inovação e Desenvolvimento Econômico. Os participantes terão uma bolsa-auxílio qualificação no valor de R$ 1.000 por mês, por até um ano, renovável por igual período e vale alimentação de R$ 100.

Todos terão que fazer cursos de qualificação profissional nas áreas administrativa, serviços gerais internos e externos, de acordo com a área escolhida, com carga horária de até 8h semanais.

Incentivo às empresas

As empresas sediadas no município que desejarem participar do Programa, contratando os beneficiários como empregados, poderão fazer parceria com a Prefeitura. Conforme o programa, a empresa contratante terá reembolso de metade do valor do salário pago ao bolsista até o limite de R$ 500 mensais pelo período de três meses.

A partir da próxima segunda-feira (2), 70 classificados no programa Pró-Trabalho começarão as atividades – Foto: PMSJC
Gostou, Compartilhe!
Show Buttons
Hide Buttons