Cidades Inteligentes Seguras e Hiperconectadas

O impulso por Cidades Inteligentes cresce à medida que os governos buscam conectar serviços essenciais de maneira proteger os cidadãos. Mas, quão seguras são essas Cidades Inteligentes?

Um estudo recente da DigiCert revelou que as empresas começaram a sofrer significantes prejuízos devido à falta de implementação das práticas padrão de Internet das Coisas (IoT – Internet of Things – da sigla em inglês) em seus modelos de negócios. Entre as companhias pesquisadas, 25% declararam pelo menos 34 milhões de dólares, em menos de dois anos,  em perdas motivadas por incidentes de segurança relacionadas a falhas na IoT. Ao mesmo tempo, 83% responderam que IoT é consideravelmente importante para o trabalho deles atualmente, enquanto 92% relataram que a Internet das Coisas será extremamente importante para suas organizações em até dois anos. Vale mencionar que o estudo feito pela Digicert foi global e com uma vasta variedade de indústrias, com mais de 700 companhias ouvidas.

Dean Coclin, Diretor Senior de Desenvolvimento de Negócios da Digicert, alerta sobre a necessidade de blindar todos os dispositivos interconectados pela IoT com forte encriptação e, assim, evitar o crescente hackeamento de carros, sinais de trânsito, equipamentos médicos e até mesmo brinquedos. Em face deste cenário, DigiCert inova e trabalha para avançar as soluções baseadas em SSL e soluções de Infraestrutura de Chaves Públicas (da sigla em inglês PKI) para assegurar negócios e mercados emergentes de Internet das Coisas, nuvem e DevOps (desenvolvimento e operações), apoiando suas necessidades antecipadamente e soluções baseadas em soluções PKIque permitem escala e economizam dinheiro.

Cidades Inteligentes Combinam a Tendência à Grande Urbanização

Internet das Coisas (IoT)

As cidades estão cada vez mais avançando em Tecnologias de Informação e Comunicação para atender os diferentes serviços, incluindo itens como gerenciamento de economia, transporte, energia e governança. Como o campo da Internet das Coisas (IoT) continua a renovar-se e expandir-se, também crescem seus potenciais benefícios e eficiências.

A população das cidades tem evoluído enormemente durante anos, mas não há comparação com o acontecido nas últimas décadas. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), atualmente 4.1 bilhões de pessoas vivem nas cidades quando, há apenas 20 anos esse total era de 2.2 bilhões de habitantes. Da mesma forma a ONU estima que, em 2040, 75% dos seres humanos vivam em meios urbanos. Devido a esse cenário, a adoção de medidas que criam Cidades Inteligentes impulsionam essa transformação com projetos a serem testados em algumas cidades, enquanto outras ativamente busca, o reconhecimento como Cidade Inteligente de uma maneira mais abrangente. Com o emergente conceito de Cidades Inteligentes, algumas partes da sociedade ainda olham com desconfiança devido às preocupações com segurança devido à possibilidade de infraestruturas críticas serem acessadas e adulteradas por agentes maliciosos, caso não estejam em uso medidas de segurança e dispositivos adequados.

Segurança em primeiro lugar!

Além de ter uma cidade hiperconectada, deve-se ter em mente que a possível falha de segurança em um projeto de Cidade Inteligente pode ter um grande impacto e consequências muito sérias. Conhecê-las é essencial para que os tomadores de decisão desenhem planos para otimizar os resultados e garantir a segurança quando implementar a Internet das Coisas. Por essa razão é importante criar um marco de política de dados que leve em consideração padrões definidos de identificação forte, autenticação e encriptação segura e adotar programas que aumentem as chances de sucesso.

As organizações também estão se adaptando a diretrizes recomendadas por entidades como a DigiCert para enfrentar os desafios de segurança em IoT e nas Cidades Inteligentes da atualidade. Após o crescimento exponencial dos aparelhos conectados em setores como saúde, automotivo, transporte, manufatura, infraestrutura em Cidades Inteligentes, disparou a necessidade de fortalecer a identidade e a autenticação dos aparatos, da encriptação de dados e informações sensíveis e códigos de assinatura e dispositivos firmware sempre atualizados.

PKI

As companhias podem adotar essas soluções rentáveis em qualquer escala usando as Chaves de Infraestrutura Públicas (PKI) e Certificados Digitais por meio de uma líder global capaz de prover certificados, tal como a DigiCert. Além do mais, essas empresas vão promover soluções e ferramentas para os fabricantes de dispositivos IoT para que preparem-se para as ameaças quânticas. O objetivo é manter informações confidenciais e ativos de grande valor seguros.

Cidades Inteligentes

As Cidades Inteligentes estão começando a ser reconhecidas pelos seus incontáveis benefícios e são um investimento para o futuro para maximizar eficiência, sustentabilidade e melhorar as condições de vida dos cidadãos que as habitam. Enquanto o mundo a interconectividade se expande a cada dia, não há outra escolha senão adotar esse modelo e tentar seguir a curva que garante que os benefícios vistos pelo mundo possam também ser usufruídos em sua comunidade. De smartphones à smartwaters e Cidades Inteligentes, o mundo está se tornando mais inteligente e seus habitantes precisam acompanhar essa evolução.

Assegurar todas as implementações de desenho com identidade e autenticação segura nos aparelhos, criptografia de dados, informações sensíveis e códigos de assinatura, e dispositivos firmware atualizados são passos essenciais para proteger as redes das Cidades Inteligentes e as pessoas que nelas confiam. certificados Digitais e PKI escaláveis são essenciais para essa segurança.

DigiCert

Sobre a DigiCert, Inc. DigiCert é a provedora mundial de escaláveis TLS/SSL, soluções PKI para identidade e encriptografia. As empresas mais inovadoras, incluindo 89% das organizações da Fortune 500 e 97 – de um total de 100 maiores bancos globais – escolheram a DigiCert por sua experiência em identidade e criptografia para servidores web e Internet das Coisas. DigiCert suporta TLS/SSL e outros certificados digitais e desenvolvimento para PKI em qualquer escala por meio da plataforma de gerenciamento de ciclo de vida, a CertCentral®. A organização é reconhecida pela sua plataforma de gerenciamento, rapidez e um suporte reconhecido ao usuário, além de líder de mercado em soluções de segurança. Para as últimas notícias e atualizações, visite digicert.com ou siga @digicert.