CASACOR SP 2019: Com o tema Planeta Casa, mostra estreia em uma semana, no dia 28 de maio

A abertura da mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas está cada vez mais próxima. No dia 28 de maio, a principal edição da CASACOR abre as portas ao público no Jockey Club de São Paulo. Com 9 semanas de duração, até 04 de agosto, serão 75 ambientes em mais de 15 mil m².

Planeta Casa é o conceito para a edição 2019 da CASACOR, que percorre 18 cidades brasileiras, 4 países da América do Sul e um da América do Norte. O tema foi baseado na tendência de cada casa se tornar o universo particular do indivíduo. É na nossa casa que podemos expressar, de forma natural e genuína, nossa afetividade e nossa conexão com o outro. E, a partir dela, demonstrar atitudes afetivas para com a comunidade que nos rodeia. “É pensar de dentro para fora, começando pela nossa individualidade e nosso propósito como ser humano. Somente assim será possível enxergar o outro, como um elo no cuidado com o mundo”, explica Lívia Pedreira, Diretora Superintendente da CASACOR.

Repensar a casa não mais como um espaço físico, mas como um estado de espírito, norteia as novas formas de morar. A geração millennial (nascidos entre 1980 e 1995) permeia essa filosofia quase nômade, do desejo de se sentir em casa em qualquer lugar do mundo. Atrelada a essa necessidade de constante movimento, a tecnologia evoluiu para uma ferramenta mais amigável e que facilita esse processo, tornando o cotidiano mais prático e interativo.

Aliada à necessidade de se beneficiar da tecnologia, vem a preocupação com valores como ética, transparência, diversidade e consciência. As pessoas procuram cada vez mais saber a procedência e o propósito do produto a ser consumido. Esse comportamento é reflexo da preocupação do indivíduo com a sua postura em relação ao mundo. “É olhar, de certa forma, com afeto para o mundo e para o futuro”, comenta Lívia.

Sustentabilidade

Nessa tessitura da afetividade, estão igualmente entrelaçadas a tecnologia e a sustentabilidade, um dos pilares da CASACOR. Uma das conquistas da edição paulista da mostra este ano foi no quesito sustentabilidade: 99,3% dos resíduos gerados na mostra, entre montagem, evento e desmontagem foram desviados de aterros sanitários. A emissão de carbono foi reduzida em 54%, o que superou a meta estabelecida de 40%. Esses números confirmam a preocupação da marca em olhar, com empatia e responsabilidade, como grandes eventos afetam o meio ambiente.

Assim como a transformação do entorno de nossa casa pode acontecer a partir das nossas próprias iniciativas, a cidade também é modificada por meio de soluções que valorizam o convívio da comunidade.

Em 2019, a meta é deixar de produzir 450 toneladas dos mais diversos resíduos em todas as fases do evento e dar a destinação adequada para o restante. Apoiada nessa ideia de que melhor que reciclar é não gerar resíduos, uma das principais ações do ano acontece na bilheteria. Esse ano, a mostra deixa de imprimir115 mil convites em papel e mais de mil passaportes plásticos e, quem adquiri-los antecipadamente estará contribuindo com a causa.

“Em comparação, se colocarmos em linha reta, todos os convites que deixaremos de imprimir, isso representaria uma metragem superior à da Linha Amarela do metrô de São Paulo, que tem 12,8km e vai da Estação da Luz à Vila Sônia. Isso exemplifica o impacto que CASACOR está exercendo no meio ambiente”, diz Darlan Firmato, Arquiteto Coordenador de Projetos de CASACOR.

Desde 2015, a CASACOR possui ações voltadas para a sustentabilidade e assumiu em 2016 o compromisso de buscar a certificação ISO 14.001 até 2020, que é aplicável às organizações com um desempenho ambiental correto.

Gastronomia, lojas e programação de talks e palestras

Para tornar a experiêmcia do visitante cada vez mais completa, a CASACOR traz, esse ano, atrações gastronômicas com o retorno do Badebec, o restaurante Limone, o bar Iulia, e as delícias da padaria Dona Deôla e da Ofner. Dentre as lojas, a mostra apresenta a Mels Brushes, a Etna, a Gustavo Eywear e a loja CASACOR por Armazém do Marton. Outra atração será a programação de talks e palestras na Arena CASACOR, que receberá, diariamente, conteúdos em temas como tendências do morar, afetividade, tecnologia, inovação e sustentabilidade, que permeiam todos os projetos apresentados em 2019.

Patrocinadores

Em seu 26º ano de parceria, a Deca se torna patrocinadora global de CASACOR, presente em todas as praças nacionais e intermacionais. Pela 3ª vez, a Leroy Merlin é parceira nacional de sustentabilidade e a Coral é a tinta nacional oficial. Também pelo 3º ano consecutivo, a casa moysés é patrocinadora local, ao lado da LGque investe na mostra pelo segundo ano, Duratex/Durafloor, presente há 5 anos, e Uniflex. A Comgás é a fornecedora oficial de energia em São Paulo desde 2018 e a Starbucks at Home estreia como Café Oficial. Outros parceiros em destaque, com cotas em ambientes incluem: Cosentino, Todeschini e Reckit Benckiser.

CASACOR SÃO PAULO 2019:

QUANDO?

De 28 de maio a 04 de agosto

Terça a sábado: das 12h às 21h

Domingos e feriados: das 12h às 20h

ONDE?

Jockey Club de São Paulo – Avenida Lineu de Paula Machado, nº 1075 – Cidade Jardim

INGRESSOS:

De terça a quinta-feira:

Ingresso inteiro: R$ 64,00/ Meia entrada: R$32,00

De sexta a domingo e feriados:

Ingresso inteiro: R$ 80,00/ Meia entrada: R$40,00

Valet: R$ 40,00

Classificação: Livre

Gratuidade: Crianças até 10 anos.

As vendas dos ingressos para São Paulo estão disponíveis no site: casacor.byinti.com

Mais Informações: www.casacor.com 
Facebook: www.facebook.com/casacoroficial 
Instagram: @casacor_oficial/@casacor_sustentavel


Sobre a CASACOR

Empresa do Grupo Abril, a CASACOR é reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas. O evento reúne anualmente prestigiados arquitetos, decoradores e paisagistas. Em 2019, são 18 praças nacionais: São Paulo, Bahia, Brasília, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina (Florianópolis e Itapema) e Ribeirão Preto. A mostra acontece ainda em quatro praças internacionais: Bolívia, Estados Unidos, Paraguai e Peru.