CASA BAUDUCCO CRIA O ‘DIA DA FATIA’ EM APOIO A CRIANÇAS E JOVENS DE ONG

Quando falamos em família, uma das primeiras marcas que vem à cabeça é a Bauducco, afinal, sua história começou com uma receita familiar. Mas família também nos remete a estar juntos e apoiar uns aos outros. Acreditando nisso, a Casa Bauducco – que surgiu com o objetivo de resgatar os valores da marca – apresenta o Dia da Fatia.

Acontece da seguinte forma: todos os dias 25 de cada mês, os clientes que forem às unidades da Casa Bauducco e comprarem uma fatia de Panettone ou Chocottone estarão contribuindo diretamente com o Instituto Fazendo História. A ONG atua desde 2005 na missão de colaborar com o desenvolvimento de crianças e adolescentes que estão separados de suas famílias e morando em casas de acolhimento. O Instituto promove uma rede de cuidado e afeto para fortalecer e transformar suas histórias de vida.

O dia 25 foi escolhido, pois remete a uma celebração esperada por todas as famílias do mundo: o Natal. Além disso, a marca entende que somente um dia no ano é pouco quando falamos em “cuidar da família” e, por isso, o Dia da Fatia acontecerá nesta data – durante o ano todo.

O Dia da Fatia nasceu com o propósito de reforçar os vínculos afetivos, investindo em um programa que transforma a história de vida desses jovens. E escolhemos o Instituto Fazendo História, pois é uma instituição que tem sinergia com os valores da Bauducco“, afirma Paulo Cardamone, diretor da Casa Bauducco.

Parte do valor arrecadado com as vendas das fatias será destinado ao programa Apadrinhamento Afetivo, que visa fortalecer a convivência familiar e comunitária dessas crianças e adolescentes. A outra parte financiará a melhoria estrutural de um dos lares apoiados pelo Instituto – que, inclusive, irá contar com colaboradores voluntários do Grupo Pandurata – detentor das marcas Bauducco e Casa Bauducco – e por profissionais especializados.

No dia 25 de dezembro acontecerá o fechamento anual da iniciativa, com a entrega do local revitalizado, proporcionando, assim, uma celebração natalina mais acolhedora a esses jovens.

Sobre a parceria, Isabel Penteado, coordenadora geral do IFH, comenta: “O Dia da Fatia será uma data muito especial para o Fazendo História. É uma oportunidade de engajarmos mais pessoas no apoio a crianças e adolescentes na construção de vínculos afetivos tão importantes para todos, em especial no Natal, uma data para ser comemorada com pessoas queridas em um espaço acolhedor“.

Esperamos que, com o passar dos anos, essa data se torne ainda mais relevante e engaje os nossos consumidores para que assim, consigamos beneficiar mais crianças e jovens com a ação“, finaliza Cardamone.

Instituto Fazendo História
Dia da Fatia será comemorado todos os dias 25 de cada mês na Casa Bauducco
Gostou, Compartilhe!
Show Buttons
Hide Buttons