CARAGUATATUBA REALIZOU CAMINHADA NOVEMBRO AZUL

Em menção ao mês de prevenção ao câncer de próstata, Novembro Azul, a Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Saúde, realizou nesta segunda-feira (26/11) a Caminhada Novembro Azul, em parceria com a Rádio Caraguá FM. A saída foi em frente ao Centro de Especialidades Médicas e Odontológicas Madre Teresa do Calcutá.

A caminhada foi encerrada na Praça Cândido Mota com sorteios de cortes de cabelo; canecas e saquinhos com kit Novembro Azul, contendo camiseta, boné e botom. O evento foi aberto a toda população.

O secretário de Saúde, Amauri Toledo, destaca a importância da ação que promove conscientização sobre a importância da prevenção. “Estsa caminha da de hoje é o corroamento de todo um trabalho realizado durante todo o mês. Nossas Unidades Básicas de Saúde estão abertas durante todo o ano, mas este é um mês especial de conscientização com foco na quebra de tabu contra o exame de próstata. Este tabu deve ser quebrado, pois o exame de próstata mais o PSA são de extrema importância para prevenir contra o câncer de próstata”, afirma.

O munícipe José Pedro de Souza Soares, de 66 anos, participante da caminhada, conta que faz o exame de próstata regularmente há cinco anos e desmistifica o medo que os homens têm de fazer o exame. “Este é um exame simples, que começa pelo PSA e depois é realizado o toque. Mas é algo simples e de extrema importância para preservarmos nossa saúde”, avalia.

 

Novembro Azul

No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Por isso, o mês de novembro tornou-se “Azul” para lembrar aos homens a partir dos 40 anos sobre a importância do combate à doença, por meio da prevenção. O câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve tumores malignos.

Por esta razão, a Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Saúde, disponibiliza mensalmente 380 vagas em urologia no município, distribuídas entre o Centro de Especialidades Médicas e Odontológicas (CEM/CEM), Casa de Saúde Stella Maris e Ambulatório Médico de Especialidades (AME). Além disso, durante o Novembro Azul, todas as Unidades Básicas de Saúde contam com uma programação especial voltada aos homens

Segundo o Ministério da Saúde, homens vivem, em média, sete anos e meio a menos que as mulheres. As principais causas de mortalidade masculina entre 20 e 59 anos são as causas externas, como agressões e acidentes de veículos, que correspondem a 89.528 óbitos (36,4%).

Em seguida, vêm as doenças do aparelho circulatório – infarto agudo do miocárdio, acidente vascular cerebral, insuficiência cardíaca –, que correspondem a 43.518 óbitos (17,7%); neoplasias (brônquios e pulmões, estômago), que correspondem a 29.274 óbitos (11,9%) e doenças do aparelho respiratório (12.388 óbitos ou 5%).

#PraCegoVer: Pessoas realizam caminhada vestidas de azul em menção ao Novembro Azul nas ruas de Caraguatatuba. (Foto: Cláudio Gomes/PMC)