Brasileiros conquistam 2º lugar em torneio de robótica na Europa

Os alunos do Serviço Social da Indústria (SESI) de Goiânia conquistaram o segundo lugar geral do torneio internacional de robótica da Europa Central, na cidade de Debrecen, na Hungria. O time Lego da Justiça, do SESI Planalto, competiu com outras 67 equipes, de 40 países. O projeto apresentado pela equipe é de um bebedouro higiênico com uma chapa de latão para cobrir o bico que libera água. A chapa tem formato côncavo em 160º e evita que a água retorne ao bico e o contamine. Além disso, os alunos criaram um sistema incluso no bebedouro para filtrar a água após a utilização. “Eles olharam para um problema dentro da escola e apresentaram a solução. A água que volta é tratada e reutilizada na própria escola na limpeza e irrigação dos jardins”, explica o diretor do SESI Planalto, Rogério Viana.

Outras duas equipes brasileiras também foram premiadas: a Robotics School, do SESI de Ourinhos (SP), ficou em primeiro lugar na categoria Solução Inovadora. Já os estudantes do Francodroid, do Colégio Liceu Franco-Brasileiro, do Rio de Janeiro, levou o primeiro lugar em Estratégia e Inovação.

Enquanto isso, nos Estados Unidos, a equipe Robocoe, do Colégio Coesi, de Aracaju, disputava o torneio internacional na cidade de Fayetteville, em Arksansas. Os meninos de Sergipe ganharam o primeiro lugar na categoria Design do Robô e ainda ficaram na segunda colocação em Desempenho do Robô. A equipe Robocamb, da Escola SESI de Educação Básica Industrial Abelardo Lopes, de Maceió, também participou da disputa nos Estados Unidos, mas não levou nenhum prêmio. As equipes brasileiras garantiram vagas nos mundiais por conta do bom desempenho no Torneio Nacional de Robótica FIRST LEGO League, organizado pelo SESI.

ABERTO DA ESTÔNIA – Para fechar de vez a atual temporada de robótica, com o tema Hydro Dynamics, mais duas equipes brasileiras participam, em junho, de outra etapa no exterior: o Aberto Internacional da Estônia. A competição será realizada de 6 a 8 de junho em Tallin. O Brasil será representado pelos times Biotech, do SESI de Barra Bonita (SP), e Fênix, do SESI de Bauru (SP).

SESI CAMPEÃO MUNDIAL – Em abril, os alunos do SESI de Americana (SP) ficaram em primeiro lugar geral no principal torneio de robótica do mundo, o World Festival, em Houston, nos Estados Unidos. A competição, considerada a “Copa do Mundo” da robótica, teve mais uma equipe brasileira no pódio: o terceiro lugar geral ficou com as meninas da equipe Jedi’s, do SESI de Jundiaí (SP). Veja os outros brasileiros premiados no World Festival.

Assim como na etapa nacional, nos torneios internacionais o estudantes realizam quatro tarefas. Uma delas é o Desafio do Robô, quando os estudantes colocam os robôs de Lego para cumprir determinadas missões. Para realizar as tarefas, o robô pode capturar, transportar, ativar ou entregar objetos na mesa de competição. Tudo de forma lúdica, simulando situações reais.

Na temporada atual, por exemplo, com o tema Água, os robôs precisam fazer atividades como remover um cano quebrado, virar tampas de bueiro e mover bombas de água. Os robôs, projetados e construídos pelos próprios alunos, também são avaliados na categoria Design do Robô. Os times podem utilizar sensores de movimento, cor, toque, controladores e motores. Os juízes levam tudo isso em consideração, além da estratégia e programação.

Conta pontos ainda o Projeto de Pesquisa com uma solução inovadora sobre o uso da água. Pode ser, por exemplo, na produção de alimentos ou na geração de energia. Por fim, na categoria Core Values, os estudantes precisam mostrar que sabem trabalhar em equipe.

QUEM PODE PARTICIPAR? – A competição é voltada para estudantes de 9 a 16 anos, de escolas públicas ou particulares. Grupos de amigos também podem montar seus times, são as chamadas equipes de “garagem”. Primeiro as equipes se inscrevem para a fase regional. Os melhores times desta etapa, garantem vaga na disputa nacional. A próxima temporada será lançada em agosto deste ano.

ROBÓTICA EM SALA DE AULA – O SESI adota a robótica educacional em sala de aula desde 2006. Atualmente, todas as 459 escolas do SESI que atuam com ensino fundamental e médio do país ofertam a robótica.

SAIBA MAIS – Acompanhe tudo sobre a robótica na pagina oficial da competição e no perfil do Torneio de Robótica no Facebook e Instagram.

Por: Sirlei Pires

Da Agência CNI de Notícias

A equipe Lego da Justiça colocou o Brasil mais uma vez no pódio da robótica mundial-Foto: Divulgação