Black Friday: como saber se estou fazendo uma compra segura?

Hoje em dia, os golpes virtuais estão cada vez mais frequentes. Para se proteger contra eles durante a Black Friday, é importante saber como identificar uma compra segura.

Um dos eventos mais aguardados pelos consumidores e que mais movimentam o varejo brasileiros nos últimos 10 anos é a Black Friday, que acontece sempre no fim de novembro e, este ano, será no dia 26.

Comprar na Black Friday é uma grande oportunidade de economizar, visto que as lojas oferecem diversos descontos em seus produtos. No entanto, é importante tomar alguns cuidados para não cair em golpes virtuais, que têm sido cada vez mais praticados por criminosos nos últimos tempos.

Pensando em ajudar você a aproveitar a Black Friday com segurança, neste artigo, reunimos dicas de como comprar online sem dores de cabeça em qualquer época do ano. Confira!

Consulte a lista negra do Procon

A primeira dica é consultar a lista negra do Procon e não fazer compras em nenhum dos sites listados, pois eles foram parar nela devido a várias reclamações registradas que não foram respondidas ou simplesmente por não terem sido encontrados, o que é um forte indício de farsa.

Embora algumas dessas lojas estejam fora do ar, há o risco delas voltarem a qualquer momento, sobretudo com a chegada da Black Friday. Portanto, fique atento.

Desconfie de preços muitos baixos ou de lojas desconhecidas

Apesar de grandes descontos serem concedidos na Black Friday, desconfie caso veja uma oferta com valores muito abaixo do normal. Uma dica é ligar para o SAC da loja e confirmar o valor do produto. E, se você tiver dificuldade de encontrar o contato ou o número do CNPJ da empresa, é um indício para ficar com o pé atrás.

Confira sempre a reputação da loja

É comum desconfiar de lojas desconhecidas, no entanto, nem sempre elas representam um risco. Para saber é seguro fazer uma compra, pesquise sobre sua reputação em sites como consumidor.gov.br e Reclame Aqui.

Também é recomendado verificar a reputação de lojas conhecidas e ver o que os consumidores estão dizendo sobre elas. Assim, você pode evitar problemas em relação à demora na entrega, à qualidade do produto e ao atendimento.

Evite fazer compras em computadores públicos

Se possível, não faça compras online em computadores públicos, pois você corre o risco de seus dados pessoais, como o número do CPF e do cartão de crédito, serem capturados por alguém mal-intencionado e você ter o cartão de crédito clonado, por exemplo. Use sempre seus próprios dispositivos eletrônicos.

Observe a URL do site

Provavelmente você já notou que quando você digita o endereço do site em seu navegador, antes do “www” aparece a figura de um “cadeado”. Isso significa que o site é criptografado, ou seja, oferece mais segurança. Esse símbolo garante que seus dados estão protegidos e, com isso, você pode fazer suas compras com mais tranquilidade.

Use o cartão virtual para comprar na Black Friday

O cartão de crédito virtual é uma forma de pagamento que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado. Basicamente, é gerada versão do cartão com dados distintos do cartão físico, que só pode ser utilizado na internet e o usuário tem a opção de deletá-lo após a compra.

Essa ferramenta traz ainda mais segurança durante as compras online, pois dificulta bastante a vida de golpistas virtuais. Dessa forma, consulte a operadora do seu cartão de crédito e veja se ela disponibiliza essa opção. 

Verifique o boleto

Caso você opte por fazer o pagamento via boleto, confira todos os dados do documento antes de pagá-lo. Verifique se o número do CNPJ corresponde ao da loja em que a compra foi feita, se os nomes estão corretos e se todas as outras informações conferem. Assim, você evita cair em golpes.

Instagram