“Aprovação da reforma da previdência é um marco histórico”, afirma Skaf

A Câmara dos Deputados aprovou em segundo turno a reforma da previdência proposta pelo governo. É um marco histórico, pois evita que as contas públicas do país entrem em colapso na próxima década ao garantir uma economia da ordem de R$ 1 trilhão. Assim, confiamos que o Senado Federal também se juntará a este esforço e dará seu aval às mudanças negociadas nos últimos meses. A convergência obtida no projeto de reforma previdenciária deve servir de exemplo para o próximo passo que precisamos dar: a realização de uma reforma tributária que destrave a economia e gere os empregos de que tanto precisamos.Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp

Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp

Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp)