Alunos fazem mural para estimular sonho e empreendedorismo

“Qual é o seu sonho?” – a pergunta feita aos alunos, professores e funcionários da Emef Profª Mercedes Carnevalli Klein, no Jardim Satélite (região sul), foi tomando forma, cores e ganhando respostas diversas que encheram um mural da unidade. A atividade desenvolvida pelo grêmio da escola, sob acompanhamento do SOE (Setor de Orientação Educacional), movimentou as equipes e serviu como motivação para todos. Desta ação, participou o grêmio, que é formado por 11 estudantes (todos os alunos dos anos finais), e funcionários da unidade.

A inspiração para criar o “mural dos sonhos” na escola surgiu após a participação nas oficinas de empreendedorismo no Cedemp (Centro de Educação Empreendedora). As oficinas acontecem desde março deste ano e são destinadas a todos os alunos dos anos finais do ensino fundamental da rede municipal.

Comportamento empreendedor, criatividade e inovação, são alguns dos temas abordados. Nos encontros, além de reflexões, atividades em grupo e dinâmicas, os alunos dão início aos preparativos para o Empreende, evento que reúne trabalhos elaborados pelas escolas municipais.

“A ideia surgiu por causa da árvore dos sonhos do Cedemp e de uma ex-aluna, ela já tinha nos sugerido algo do tipo. Construímos tudo envolvendo o grêmio e a nossa escola. Há um tempo, eu li uma pesquisa, feita no Canadá, que dizia que quando você escreve seus sonhos eles têm mais chance de acontecer realmente. Pensamos a incentivar os alunos a refletirem sobre o querem fazer da vida após a escola, para ajudá-los a acreditar que os sonhos podem acontecer”, explicou a aluna Isabela Borges Monti, de 14 anos, do 9º ano, uma das idealizadoras do projeto.

“Percebemos que as pessoas se identificaram, vimos a paixão que têm por algo, alguns falaram em passar no colégio da Embraer, ou em ser médico cirurgião. As pessoas demonstraram que têm uma paixão por alguma coisa, em especial, um sonho. E isto inspira, o que vale é sonhar”, reforçou a aluna que deseja realizar um curso de verão no exterior.

A maioria dos sonhos anexados ao mural são relacionados a bolsas de estudo em escolas de referência, cursos de graduação no exterior e carreiras profissionais como jornalista, programador, médico, astronauta, entre outras. Outras inspirações apontam desejos pessoais de rever parentes queridos ou cuidar dos pais e avós.

“O projeto é muito legal porque vimos muita diversidade nos sonhos. Uns querem ter uma festa, outros conhecer os avós, viajar, construir uma casa para os pais quando crescer. Aprendemos muitas coisas vendo os sonhos dos outros. Estamos aprendendo muito sobre empreendedorismo, nos preparando para o Empreende. Sabemos que uma pessoa empreendedora é aquela que corre atrás dos seus sonhos”, contou a estudante Jéssica Beatriz Bourreau, de 14 anos, que almeja ser jornalista no futuro.

“É inspirador saber que muita gente sonha com coisas incríveis e que compartilharam conosco, é uma motivação para não desistirmos dos nossos sonhos”, frisou Daniel Victor Costa de Oliveira, de 14 anos, que deseja conhecer a Grécia no futuro.

Empreende

Desde 2017, a Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Secretaria de Educação e Cidadania, retomou os projetos de empreendedorismo na rede de ensino municipal. Através das atividades, os alunos desenvolvem valores como o trabalho em equipe, a disciplina e o comprometimento. O trabalho vai de encontro à missão das escolas municipais de formar cidadãos com escolhas responsáveis e visão empreendedora em todos os segmentos da vida.

No ano passado, cerca de 3.700 pessoas passaram pela feira durante os dois dias de evento e puderam conhecer 149 trabalhos desenvolvidos por alunos e expostos no local. As iniciativas empreendedoras apresentadas foram pensadas para o mercado e variaram entre aparelhos eletrônicos, aplicativos para celular e novos negócios na área de tecnologia, saúde e bem-estar.

Ao todo, 18 trabalhos foram premiados com medalhas e troféu pelos 1º, 2º e 3º lugares em cada categoria, de acordo com a faixa etária dos alunos, e os temas aprendidos em sala de aula durante o ano (educação financeira, educação fiscal e educação).

O objetivo do Empreende é oferecer a oportunidade de troca de experiências entre alunos e a comunidade, enaltecendo o protagonismo dos estudantes da rede e ampliando as discussões sobre empreendedorismo. Neste ano, o evento está programado para o mês de novembro.

Foto: PMSJC
Gostou, Compartilhe!
Show Buttons
Hide Buttons