Ainda sem função na FCA-PSA, Manley é eleito presidente da Acea

Ainda sem função definida no novo grupo que surgirá da fusão entre FCA e PSA, o atual CEO da Fiat Chrysler Automobiles (FCA), o inglês Mike Manley, foi eleito em dezembro o novo presidente da Acea, a Associação dos Construtores Europeus de Veículos. Curiosamente, Manley vai substituir na presidência da entidade Carlos Tavares, atual CEO do Groupe PSA e que já foi indicado para ser o executivo-chefe da nova companhia FCA-PSA.

Aos 55 anos de idade, Manley ficará à frente da entidade durante 2020 e seu mandato poderá ser renovado por mais um ano – como aconteceu com Tavares, que assumiu em 2018 e ficou até o fim de 2019. Os presidentes da Acea são eleitos para mandatos anuais e sempre escolhidos entre os CEOs de suas empresas associadas, 15 fabricantes de veículos leves e pesados instalados na Europa.

O novo presidente da Acea terá entre suas prioridades negociar os termos da transição já em curso da indústria automotiva europeia para a fabricação de veículos elétricos ou com outras tecnologias para reduzir drasticamente as emissões de CO2 da frota, fator que coloca em risco a sustentabilidade econômica do setor – como seu antecessor e quase colega de trabalho destacou em toda sua gestão.

“Como indústria nós queremos tomar a liderança em transformar a mobilidade de maneira a colocar o consumidor em primeiro lugar, mas também permitir que continuemos resistentes e competitivos globalmente”, disse Mike Manley.
Quase colegas de trabalho no novo grupo que surge da fusão FCA-PSA, Carlos Tavares (esquerda) será substituído por Mike Manley na presidência da Acea

Antes de ser indicado CEO da FCA, logo após o falecimento de Sergio Marchionne, em julho de 2018, Manley era o chefe global da Jeep e RAM, as duas marcas de maior volume da companhia. Também foi responsável pelo plano de expansão do Grupo Chrysler fora da América do Norte, incluindo a costura de acordos de cooperação para distribuição de veículos de marcas americanas na rede internacional de distribuição da Fiat. Manley é graduado em Engenharia pela Southbank University de Londres e tem MBA na Ashridge Management College, também na Inglaterra, onde nasceu em Edenbridge.

Fonte:http://www.automotivebusiness.com.br/noticia/30394/ainda-sem-funcao-na-fca-psa-manley-e-eleito-presidente-da-acea