AEROPORTOS DO DAESP RECEBEM INVESTIMENTOS DE R$ 10 MILHÕES PARA MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA

O Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (DAESP) continua registrando crescimento na movimentação de passageiros dos aeroportos de sua rede, entre eles Araçatuba, Presidente Prudente e São José do Rio Preto.

O Aeroporto Estadual Dario Guarita (Araçatuba) recebeu, de janeiro a novembro de 2017, 88.610 passageiros. No mesmo período de 2018, o movimento cresceu para 93.206 usuários, o que representa crescimento de 5,19%. Pelo Aeroporto Estadual Adhemar de Barros (Presidente Prudente), de janeiro a novembro de 2017, passaram 235.006 passageiros frente a 253.057 de 2018, 7,68 % a mais. Já em São José do Rio Preto, no Aeroporto Estadual Prof. Eribelto Manoel Reino, foram registrados, nos 11 meses de 2017, 663.296 usuários. No mesmo período de 2018, houve crescimento de 8,81 % e movimentação de 721.722 passageiros.

Além destes, o Aeroporto Estadual Dr. Leite Lopes continua em 1º lugar no ranking em movimentação, com mais de 803 mil passageiros neste ano, sendo o 4º no Estado de São Paulo, atrás apenas de Guarulhos, Congonhas e Viracopos. No total, os 20 aeroportos do DAESP receberam até novembro deste ano 2 milhões de passageiros.

Esse resultado é reflexo de investimentos na modernização da infraestrutura e no conforto aos usuários. Em 2018, entre obras concluídas e as que seguem em andamento, o DAESP investiu cerca de R$ 10 milhões.

No Aeroporto Bauru/Arealva, foram construídos 2.500m² de cobertura em estrutura metálica envolvendo o meio fio e vias de circulação, com objetivo de proteger os usuários que saem do terminal de passageiros enfrentando condições climáticas adversas, como em caso de chuva.

Já o aeroporto de Sorocaba recebeu a segunda etapa da implantação da torre de controle, iniciada em outubro com a instalação dos equipamentos de auxílio à navegação, que proporcionará maior segurança de voo aos usuários. Sorocaba é o principal aeródromo voltado à aviação geral no Estado e abriga fabricantes de aeronaves executivas como Embraer, Dassault e Gu Ifstream. Esta nova fase de investimentos é composta pela instalação de equipamentos como rádio VHF/AM, Centro de comunicação, Sistema Meteorológico e um sistema de indicador de rampa de aproximação de precisão. A obra tem investimento total de R$ 8,2 milhões.

Além disso, o Aeroporto de Ribeirão Preto está recebendo um pacote de melhorias nas pistas e acostamentos, para implantação de área de giro nas cabeceiras 18 e 36, acostamento nas pistas de taxiamento e reforço na pista de táxi para acesso ao pátio. As obras neste importante aeroporto da rede do DAESP, que tem foco na aviação comercial, foram iniciadas em setembro com investimento de R$ 3,9 milhões.

Em 2018, outra boa notícia foi a internacionalização do Aeroporto de São Carlos exclusivamente para manutenção e reparo de aeronaves que chegam de outros países. É o primeiro aeródromo do DAESP a atender este setor. Com isto, as operações internacionais aumentarão a competitividade do centro de manutenção brasileiro frente aos de outros países, já que os custos operacionais serão cerca de 9% mais baratos, levando-se em conta diárias, gastos com combustíveis, pousos e decolagens.

Além da grade normal de voos diários, durante o período de férias, o Aeroporto Moussa Nakhal Tobias (Bauru/Arealva) recebe reforço voltado exclusivamente ao turismo. A companhia aérea Azul está operando um voo fretado com destino a Porto Seguro, que estará em vigor durante todo o período de 22 de dezembro até 2 de fevereiro de 2019.

Foto:Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (DAESP)
Gostou, Compartilhe!
Show Buttons
Hide Buttons