4 museus e espaços culturais que estão abertos em São Paulo

Agendamento das visitas e uso obrigatório de máscara dão acesso a exposições gratuitas

A cidade de São Paulo, que está na fase amarela do plano estadual de quarentena, esteve de volta à fase vermelha durante os feriados de Natal e Ano-Novo para conter o aumento do número de casos de coronavírus durante o recesso. Por conta desta mudança, estabelecimentos de serviços não essenciais foram fechados, inclusive museus e salas de exposições.

Com a chegada do início de janeiro, a situação foi normalizada e a cidade voltou à cor amarela, com a reabertura da maioria dos espaços culturais, para a alegria dos amantes da arte que moram na cidade ou que estão com passagens para São Paulo compradas.

As exposições ainda estão com limitações para prevenir a doença, como necessidade de agendamento para evitar aglomeração, uso obrigatório de máscara e restrição a exposições que envolvam situações sensíveis a contaminações, como tocar nas peças, por exemplo.

Confira as principais reaberturas!

Sesc Avenida Paulista

O prédio queridinho da Avenida Paulista está de volta com a atividade “Oficina Molina – Palatnik”, um diálogo entre as peças dos artistas plásticos Mestre Molina e Abraham Palatnik. Para participar da visita, que é gratuita e dura 30 minutos, é necessário realizar o agendamento no site sescsp.org.br

Serviço: Av. Paulista, 119. Ter. a sex.: 8h às 21h. Sáb.: 9h às 14h.

MASP

Cartão-postal de São Paulo, o MASP já é uma obra de arte arquitetônica por fora e agora pode ser visto por dentro novamente, com acesso ao acervo permanente e à exposição dedicada à carreira da artista plástica brasileira Beatriz Milhazes, que ficará disponível até 30 de maio. A visitação é gratuita às terças e quartas e requer agendamento.

Serviço: Av. Paulista, 1.578. Ter., 10h às 20h; qua. a sex., 13h às 19h; sáb. e dom., 10h às 18h. R$ 45; ter. e qua., grátis

Japan House

Este espaço dedicado a divulgar a cultura do Japão contemporâneo, através da arte e tecnologia, apresenta agora a mostra “Embalagens: Designs Contemporâneos do Japão” , que mostra a importância das embalagens para a cultura nipônica. A entrada é gratuita e o projeto recomenda agendamento.

Serviço: Av. Paulista, 52, tel. (11) 3090-8900. Ter. a dom.: 11h às 17h. De 19 de janeiro a 14 de março.

CCBB

O Centro Cultural Banco do Brasil agora apresenta a segunda temporada da mostra “Fellini, Il Maestro”, sobre a história do cineasta italiano Federico Fellini. Além dessa experiência, os visitantes podem passear pelo prédio e descobrir detalhes de sua arquitetura e história. Para visitar, basta agendar pelo site eventim.com.br. Os ingressos são gratuitos.

Serviço: R. Álvares Penteado, 112, centro. Seg. a dom.: 10h às 18h. Ter.: fechado.

Foto:Divulgação

Instagram